52038853253 43bc4b40ae k

Foto: Maurício Vieira/Secom

 

Eram 14h e o caminhoneiro Artenis Schumacker Xavier, de 55 anos, aguardava em pé ao lado de sua carreta a chegada de uma máquina da prefeitura de Palmeira, na Serra Catarinense. O motorista havia parado seu caminhão no pé de uma subida na SC-284, no sentido a Correia Pinto. A espera pelo reboque levou pouco mais de 15 minutos. Após uma forte chuva, nem mesmo um Schumacker conseguiria subir a ladeira sem a ajuda de um rebocador.

A cena ocorrida na tarde desta sexta-feira, 29, ilustra um pouco das dificuldades enfrentadas há décadas pelos motoristas que circulam pelo trecho de 27 quilômetros entre os dois municípios serranos. Quando chove, a lama dificulta o trânsito dos veículos pesados. Em períodos de seca, a poeira invade a casa dos moradores das comunidades lindeiras.

A boa notícia é que o tão aguardado asfalto já não é mais um sonho tão distante. O governador Carlos Moisés lançou na noite desta sexta-feira o edital de licitação para pavimentar a estrada, com investimento previsto de R$ 140 milhões. O ato ocorreu na abertura da 6ª Festa Nacional da Madeira, em Otacílio Costa. 

“O asfalto não significa apenas qualidade de vida e segurança para quem usa a rodovia. Ele traz consigo o desenvolvimento econômico e social. A pavimentação entre Palmeira e Correia Pinto tem também um fator de integração regional. Por essa estrada, será mais fácil para moradores do Alto Vale acessarem o aeroporto regional de Correia Pinto”, explica o governador.

O caminhoneiro Schumacker conta que, pela SC-284, o caminho entre Palmeira e Correia Pinto é cerca de 50 quilômetros mais curto do que pela rota tradicional e já asfaltada, que passa pelas BR-282 e BR-116 e pela SC-114. “Para nós, vai ser uma maravilha com o asfalto. Tenho parentes que moram aqui perto da estrada e esse é um presente que nós vamos ganhar. Aqui o movimento é muito intenso. Estamos muito contentes. Desde 2010, já havia essa promessa, mas não saiu. Esperamos que agora vá”, relata Schumacker.

Na avaliação da prefeita de Palmeira, Fernanda Córdova, a principal vantagem do asfaltamento é o encurtamento das distâncias. “Nós só temos a agradecer ao Governo do Estado por essa parceria. Essa é uma obra muito importante, aguardada há anos”, diz.

O prefeito de Correia Pinto, Edilson dos Santos, conta que a obra não beneficiará apenas os dois municípios. Ele lembra que, durante a safra da madeira, o próprio município fica congestionada de caminhões carregados. “Esse asfaltamento vai desentupir a cidade de Lages. Vai ser um ganho de tempo e de qualidade de vida”, aposta Santos.

A solenidade de lançamento da licitação ocorreu durante a abertura 6ª Festa Nacional da Madeira, que não ocorria desde 2015. O evento faz parte das comemorações dos 40 anos de emancipação política de Otacílio Costa e também inclui o Fórum Brasileiro de Pinus, para tratar das tendências e necessidades do setor para o futuro. As atrações da festa, que vai até o dia 1 de maio, incluem shows nacionais.

Antes da festa, o governador também se reuniu com os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) na prefeitura de Otacílio Costa. 

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Comunicação - SECom
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

 

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: Secretaria de Estado da Casa Civil | Acesso restrito